Luísa Sobral

06 Out 2020

Luísa Sobral

Legenda

Sinopse

Datas e Horários

6 Out
Ter 21:00

Sala e Preços

Sala Carmen Dolores
18€ a 30€
Informação

Classificação

M/6

Luísa Sobral encerra a digressão do seu mais recente álbum de originais, Rosa, no Teatro da Trindade.

 

Depois de uma bem sucedida digressão que passou por salas e festivais nacionais e internacionais em Espanha, Itália, Polónia, Uruguai, Austrália e Japão – Luísa decide fechar este capítulo da sua carreira, com um concerto especial num local que tem tanto de intimista como de carismático, o Teatro da Trindade. Editado no final de 2018, Rosa, foi calorosamente recebido por público e critica nacional e internacional. Produzido pelo prestigiado músico e produtor catalão Raul Refree que já assinou trabalhos de Sílvia Pèrez Cruz, Rosalía e Rócio Márquez, entre outros Rosa é um disco especial e delicado, assente num registo intimista onde Luísa arrisca novos territórios na composição e arranjos. Como prova, uma nova e original formação que ao vivo tem encantado plateias: à voz e guitarra de Luísa, junta-se a guitarra de Manuel Rocha e um trio de sopros composto Gil Gonçalves na tuba, Angelo Caleira na trompa e Sérgio Charrinho no fliscorne.

 

Luísa Sobral é uma das mais importantes compositoras e cantoras da nova geração de músicos portugueses. Estreou-se em 2011 com The Cherry on My Cake, um álbum muito bem recebido pelo público e pela crítica. Seguiu-se Theres A Flower In My Bedroom (2013), com convidados como Jamie Cullum, António Zambujo e Mário Laginha, o álbum infantil Lu-Pu-I-Pi-Sa-Pa (2014) e Luísa (2016) que foi gravado em Los Angeles, pelo prestigiado produtor norte-americano Joe Henry. Atuou em importantes eventos como o Festival de Jazz de Barcelona, Festival de Jazz de Cartagena, o London Jazz Festival, Cully Jazz e SXSW no Texas e em países como Espanha, França, Turquia, Israel, Alemanha, Suíça, Luxemburgo, EUA, Marrocos, África do Sul, Namíbia, Zimbabué, Botswana, Brasil, entre outros. Ao longo dos últimos anos, Luísa tem visto a sua faceta de compositora realçada: para além de ter composto a canção vencedora do Festival Eurovisão da Canção em 2017, com o tema Amar pelos Dois, interpretado pelo irmão Salvador Sobral, tem escrito regularmente para artistas como Ana Moura, António Zambujo, Carolina Deslandes, Marco Rodrigues, Mayra Andrade, entre outros.

Ficha artística

Voz e guitarra Luísa Sobral

Guitarras Manuel Rocha

Tuba Gil Gonçalves

Fliscorne Sérgio Charrinho

Trompa Angelo Caleira 

Produção Locomotiva Azul