NOITE DE REIS

02 Mai - 21 Jul 2024

NOITE DE REIS

De William Shakespeare
Encenação Ricardo Neves-Neves

©Pedro Macedo - Framed Photos

Sinopse

Datas e Horários

2 MAI a 21 JUL
Qua a Sáb 21:00
Dom 16:30

Sala e Preços

Sala Carmen Dolores
14€ a 20€
Informação

Classificação

M/14

Depois de uma temporada de dois meses com salas esgotadas e com mais de 18.000 espectadores, o espetáculo Noite de Reis regressa ao palco do Trindade.

 

Noite de Reis, uma das comédias mais populares de Shakespeare, é um tesouro de ambivalência tragicómica no seu chiaroscuro constantemente revelado na própria escrita. Um retrato simples e cómico e por vezes profundo e existencial, personificado pelas trocas de identidade, disputas amorosas, constantes folias e partidas. “Noite de Reis” é uma comédia sobre o amor.

No reino de Ilíria, o duque Orsino está apaixonado por Olívia, que não o ama. Uma jovem mulher, Violeta, chega a Ilíria levada pelo mar após um naufrágio. Ela tem um irmão gémeo, Sebastião, o qual ela acredita que morreu afogado no naufrágio. Violeta disfarça-se de homem, muda o seu nome para Cesário e encontra trabalho como mensageiro de Orsino. O trabalho de Violeta é mandar mensagens de amor de Orsino para Olívia. Olívia, apaixona-se por Cesário (Violeta), achando que ela é um homem. Violeta apaixona-se por Orsino, mas não pode revelar seu amor por ele, pois Orsino acha que ela é Cesário, um homem. Cria-se, assim, uma tempestade amorosa.

Ficha artística

De William Shakespeare

Dramaturgia e encenação Ricardo Neves-Neves

Com António Ignês, Cristóvão Campos, Dennis Correia, Filipe Vargas, João Tempera, Joaquim Nicolau, José Leite, Manuel Marques, Marco Delgado, Rafael Gomes, Ruben Madureira, Rui Melo e Tomás Alves

Direcção musical Mrika Sefa

Ensemble Ana Cláudia Santos (flauta), Eliana Lima (trompa e acordeão), Filipa Portela (soprano e alaúde), Helena Silva (violino), Isabel Cruz Fernandes/Beatriz Ventura (soprano), Juliana Campos (fagote e canto), Madalena Rato (percussão), Mrika Sefa (teclados), Rita Nunes/Nádia Anjos (saxofone), Sofia Gomes/Teresa Soares (violoncelo), Rita Carolina Silva (mezzo)

Figurinos Rafaela Mapril

Assistente de figurinos Elisabete Guerreiro

Construção de figurinos Lea Managil e Marisa Fernandes

Cenografia Ana Paula Rocha

Assistentes de cenografia Carolina Mendes e Ricardo Varela

Desenho de luz Cristina Piedade

Coreografia Rita Spider

Maquilhagem e caracterização Dennis Correia

Assistente de caracterização Marco Santos

Sonoplastia Sérgio Delgado

Ilustrações José Cruz

Assistência de encenação António Ignês, Juliana Campos e Rita Carolina Silva

Apoio à dramaturgia Rita Carolina Silva

Comunicação e assessoria de imprensa TdE Mafalda Simões

Assistente estagiária de comunicação TdE Ana Caetano

Produção TdE Andreia Alexandre

Produção Culturproject Nuno Pratas

Assistente produção/figurinos TdE Eliana Lima

Coprodução Teatro da Trindade INATEL, Teatro do Eléctrico, Cineteatro Louletano, Convento São Francisco e Culturproject

Apoios ao espectáculo Montepio Associação Mutualista, Antena 2, Billyboom, Fresco Produções, Fundação das Casas Fronteira e Alorna, Pecosita, Pepito, Roca, Rumo do Fumo, Stannah, Watt- Electric Moving

O Teatro do Eléctrico é uma estrutura apoiada pela República Portuguesa – Cultura / Direcção Geral das Artes, pelo Cineteatro Louletano/Câmara Municipal de Loulé e pela Câmara Municipal de Lisboa / Polo Cultural Gaivotas | Boavista.

 

CONVERSA COM O PÚBLICO
2 JUN / Dom. após o espetáculo