NOITE DE REIS

02 Mai - 21 Jul 2024

NOITE DE REIS

De William Shakespeare
Encenação Ricardo Neves-Neves

©Pedro Macedo - Framed Photos

Sinopse

Datas e Horários

2 MAI a 21 JUL
Qua a Sáb 21:00
Dom 16:30
Duração: 120 min.

Sala e Preços

Sala Carmen Dolores
14€ a 20€
Informação

Classificação

M/14

Depois de uma temporada de dois meses com salas esgotadas e com mais de 18.000 espectadores, o espetáculo Noite de Reis regressa ao palco do Trindade.

 

Noite de Reis, uma das comédias mais populares de Shakespeare, é um tesouro de ambivalência tragicómica no seu chiaroscuro constantemente revelado na própria escrita. Um retrato simples e cómico e por vezes profundo e existencial, personificado pelas trocas de identidade, disputas amorosas, constantes folias e partidas. “Noite de Reis” é uma comédia sobre o amor.

No reino de Ilíria, o duque Orsino está apaixonado por Olívia, que não o ama. Uma jovem mulher, Violeta, chega a Ilíria levada pelo mar após um naufrágio. Ela tem um irmão gémeo, Sebastião, o qual ela acredita que morreu afogado no naufrágio. Violeta disfarça-se de homem, muda o seu nome para Cesário e encontra trabalho como mensageiro de Orsino. O trabalho de Violeta é mandar mensagens de amor de Orsino para Olívia. Olívia, apaixona-se por Cesário (Violeta), achando que ela é um homem. Violeta apaixona-se por Orsino, mas não pode revelar seu amor por ele, pois Orsino acha que ela é Cesário, um homem. Cria-se, assim, uma tempestade amorosa.

 

Nota: Nas sessões de 3 a 7 e de 10 a 14 de julho, a personagem Violeta será interpretada pelo ator João Jesus.

Ficha artística

De William Shakespeare
Versão dramatúrgica e encenação Ricardo Neves-Neves

Com António Ignês, Cristóvão Campos, Dennis Correia, Filipe Vargas, João Tempera, Joaquim Nicolau, José Leite, Manuel Marques, Marco Delgado, Rafael Gomes, Ruben Madureira, Rui Melo e Tomás Alves

Direção musical Rita Nunes
Arranjos Mrika Sefa
Ensemble Helena Silva / Carolina Duarte (violino), Teresa Soares / Sara Oliveira / Teresa Martins (violoncelo), Daniela Pinheiro / Solange Silva (flauta), Juliana Campos (fagote e voz), Rita Nunes / Nádia Santos (saxofones), Eliana Lima (trompa e acordeão), Inês Laginha / Mariana Godinho (teclado), Teresa Braga (bateria), Beatriz Ventura, Filipa Portela, Isabel Cruz Fernandes, Rita Carolina Silva e Sara Brites (vozes)

Figurinos Rafaela Mapril

Cenografia Ana Paula Rocha

Desenho de luz Cristina Piedade

Coreografia Rita Spider

Caracterização e perucas Dennis Correia e Marco Santos

Sonoplastia Sérgio Delgado

Desenho de som Frederico Pereira

Vídeo Eduardo Cunha

Ilustrações José Cruz

Fotografia cartaz e spot TV Pedro Macedo/Framed Films

Fotografias de cena Adriano Filipe, Alípio Padilha, Estelle Valente e Pedro Macedo

Vídeo promocional Eduardo Breda

Assistência de encenação António Ignês, Juliana Campos e Rita Carolina Silva

Apoio à dramaturgia Rita Carolina Silva
Assistente de figurinos Elisabete Guerreiro
Assistente de guarda-roupa Inês Oliveira
Construção de adereços Lea Managil e Marisa Fernandes
Confeção figurinos Ana Baltar, Ana Santos, Ana Margarida Vieira, Cláudia Monteiro, Isabel Telinhos, Maria Afonso, Patrícia Margarida Silva
Assistente de cenografia Ricardo Varela

Coordenação técnica TdE Cristina Piedade
Direção de cena Pedro Viegas
Técnicos de luz Pedro Gonçalves e Ana Miffon
Técnicos de som Rui Santos e Tiago Alexandre
Técnicos de palco Carolina Gonçalves, Inês Oliveira, Lau Robert, Marco Santos, Raquel Caetano, Ricardo Varela e Tiago Areia
Técnico de microfones Tomás Bonito
Estagiários EPI caracterização e guarda-roupa Daniela Vieira, Guilherme Coutinho, Matilde Ferreira e Raquel Pinho

Coordenação produção / comunicação e assessoria de imprensa TdE Mafalda Simões
Produção TdE Carolina Gonçalves, Carolina Varela e Eliana Lima
Produção Culturproject Nuno Pratas
Coprodução Teatro da Trindade INATEL, Teatro do Eléctrico, Cineteatro Louletano e Culturproject

Agradecimento Jardim Zoológico de Lisboa
Apoios ao espectáculo Antena 2, Jardim Zoológico de Lisboa, Pecosita Pepito, Roca, Rumo do Fumo, Stannah e Super Soco 

O Teatro do Eléctrico é uma estrutura apoiada pela República Portuguesa – Cultura / Direção-Geral das Artes, pelo Cineteatro Louletano/Câmara Municipal de Loulé e pela Câmara Municipal de Lisboa / Polo Cultural Gaivotas | Boavista.

 

CONVERSA COM O PÚBLICO
2 JUN / Dom. após o espetáculo

 

DESCARREGAR FOLHA DE SALA